Taxa de acidentes aéreos em alta em 2007

Os tragédias aéreas que ocorreram no Brasil, na África e na Indonésia, em 2007 foram um dos fatores determinantes no aumento da taxa de acidentes no transporte aéreo nesse ano, segundo um informe anual sobre segurança Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA, na sigla em inglês).

AFP |

O comunicado explica que o aumento foi provocado "por acidentes trágicos ocorridos no Brasil, África e Indonésia".

A associação com sede em Genebra colocou a América Latina no terceiro lugar das regiões mais inseguras.

A taxa de incidentes no mundo em 2007 que envolvem a perda da aeronave foi de 0,75 por milhão de vôos realizados, após 2006 ser considerado o ano "mais seguro" para a aviação civil, informou a associação.

Em 2006, a taxa foi de 0,65, o que representou a metade da cifra registrada dez anos antes.

O informe contabiliza 100 acidentes ocorridos em 2007, contra 77 em 2006.

Segundo a IATA, as regiões mais inseguras do mundo estão na África, com uma taxa de 4,09, seguida da Ásia Pacífico (2,76) e da América Latina (1,61).

A maioria dos acidentes ocorreram durante a aterrissagem - como no caso do acidente do Airbus 320, que matou 199 pessoas em São Paulo -, assim como problemas técnicos, aponta o informe.

aa/fb//sd

    Leia tudo sobre: avião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG