Neal se declara culpada de perturbação da ordem pública - Mundo - iG" /

Tatum O Neal se declara culpada de perturbação da ordem pública

Nova York, 2 jul (EFE).- A atriz americana Tatum ONeal se declarou hoje culpada de perturbação da ordem pública por tentar comprar crack na rua, e deverá assistir a duas sessões de um programa de tratamento contra as drogas se desejar que sejam retiradas todas as acusações contra si.

EFE |

A juíza Elisa Koenderman da Corte Penal de Manhattan decidiu hoje que a atriz, de 44 anos, detida há um mês ao tentar comprar crack perto de casa, também deverá pagar uma multa de US$ 95 e comparecer em 4 de setembro para confirmar que cumpriu a ordem.

Após passar a noite de 1º de junho na cadeia, a filha do ator Ryan O'Neal agradeceu às autoridades por a terem "salvo de cair nas drogas" e explicou: "Justo quando ia arruinar minha vida, veio a Polícia e me salvou".

Tatum O'Neal, que aos dez anos ganhou um Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo papel no filme "Lua de Papel" (1973), explicou em 2004 em suas memórias "A Paper Life" que sua ligação com drogas estava em seu DNA, pois sua mãe, a atriz Joanna Moore, era alcoólatra e dependente de anfetaminas.

No livro, ela conta que seu pai, protagonista de "Love Story" (1970), a iniciou prematuramente na vida sexual e a apresentou às drogas.

O'Neal, que foi viciada em heroína, foi casada com o famoso tenista John McEnroe, com quem teve três filhos -Kevin, Sean e Emily-, cujas guardas foram concedidas ao desportista após um famoso divórcio devido aos problemas da atriz com drogas. EFE mgl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG