Taro Aso manifesta intenção de suceder Fukuda como primeiro-ministro

Tóquio, 1 set (EFE) - O secretário-geral do Partido Liberal-Democrata (PLD), Taro Aso, expressou hoje sua vontade de se transformar no novo primeiro-ministro do Governo do Japão após o anúncio de renúncia de Yasuo Fukuda.

EFE |

"Não vou descartar a possibilidade de concorrer ao posto de primeiro-ministro", disse Aso, citado pela agência local "Kyodo".

Aso foi o adversário de Fukuda para o cargo de primeiro-ministro, que é desempenhado pelo Chefe do Partido Liberal-Democrata de forma praticamente ininterrupta há mais de 50 anos.

No entanto, este político japonês, de 67 anos, perdeu para Fukuda em uma eleição que foi decidida no próprio PLD por votação popular nas urnas em setembro de 2007.

Aso é um clássico da política japonesa após ter ficado a cargo da pasta de Exteriores durante o Governo de Shinzo Abe (2006-2007) e seu antecessor Junichiro Koizumi (2001-2006).

Este político, que tem especial popularidade entre os jovens, faz parte de uma das famílias mais tradicionais do Japão e é casado com a filha do ex-primeiro-ministro do Japão Zenko Suzuki.

Sua irmã, Nobuko, é a mulher do primo do imperador Akihito, o príncipe Tomohito de Mikasa.

O primeiro-ministro japonês, Yasuo Fukuda, anunciou hoje de surpresa que renunciará do cargo por considerar que é o melhor para o Japão, após pouco menos de um ano no poder, marcado pelo bloqueio opositor no Senado. EFE icr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG