Tamanho do texto

TÓQUIO (Reuters) - Taro Aso, ex-ministro das Relações Exteriores do Japão, foi escolhido primeiro-ministro do país nesta quarta-feira, em meio ao aumento dos rumores sobre a convocação de eleições antecipadas. Aso foi eleito pela câmara baixa do Parlamento para substituir Yasuo Fukuda, que renunciou ao cargo neste mês, em meio a uma crise política.

A câmara alta, controlada pela oposição, pode escolher outra pessoa ainda hoje, mas o voto da câmara baixa prevalece.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.