Ali Químico condenados a 15 anos de prisão - Mundo - iG" /

Tarek Aziz e Ali Químico condenados a 15 anos de prisão

O ex-chanceler e emissário de Saddam Hussein, Tarek Aziz, e Ali Hassan al-Majid, conhecido como Ali Químico, foram condenados nesta quarta-feira a 15 anos de prisão por crimes contra a humanidade pela responsabilidade na execução de 42 comerciantes iraquianos em 1992.

AFP |

Aziz e Majid, assim como outros seis acusados, foram indiciados pelos assassinatos dos comerciantes de Bagdá e poderiam ter sido condenados à pena de morte.

Os comerciantes mortos haviam sido acusados de extorsão em um período no qual o Iraque estava sob sanções da ONU, impostas após a invasão do Kuwait em 1990.

A decisão desta quarta-feira veio após o veredicto de 2 de março que condenou "Ali Químico", um meio-irmão de Saddam Hussein, à terceira pena de morte pelo assassinato de muçulmanos xiitas há 10 anos.

No entanto, o tribunal inocentou Aziz, 73 anos, que era o porta-voz do regime de Saddam para o mundo, pelas mesmas acusações de crimes contra a humanidade.

ak-iba/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG