Tanzânia encontra corpos e destroços de avião iemenita no mar

DAR ES SALAAM - Autoridades da Tanzânia localizaram cerca de 13 corpos que seriam de ocupantes do avião iemenita que caiu na semana passada no Oceano Índico, nos arredores do arquipélago das Comores, disse um autoridade local nesta terça-feira.

Reuters |

"Temos informações do representante distrital em Mafia, enviadas ao primeiro-ministro, de que foram descobertos cerca de 13 corpos", disse Saidi Nguba, porta-voz do primeiro-ministro da Tanzânia, acrescentando que foram encontrados destroços do avião.

"Está confirmado, de acordo com esses relatos, que são restos do avião", afirmou ele à Reuters. A polícia tanzaniana dissera antes, nesta terça-feira, haver informações de que alguns corpos apareceram na ilha de Mafia, na costa do país - situado no leste da África - e a noroeste do local da queda do aparelho.

O Airbus 310-300, da companhia Yemenia, caiu no último dia 30 de junho no oceano Índico. Das 153 pessoas a bordo, somente uma sobrevivente foi localizada.

O representante do distrito de Mafia, Manzie Mangochei, disse a emissoras de televisão, por telefone, que corpos foram achados flutuando em várias partes do entorno da ilha. Ele declarou que os primeiros corpos apareceram na segunda-feira, mas o mar agitado dificultou o resgate.

Mangochei disse à Tanzania Broadcasting Corporation, emissora estatal, que foram recuperadas peças que parecem ser assentos de avião, e as autoridades estão tentando verificar se outros destroços são parte de uma asa.

Equipes de resgate detectaram um sinal das caixas de registro de dados do vôo, mas dizem que ainda poderá levar algum tempo para encontrá-las, pois estão em águas profundas.

O chefe do Exército comorense, coronel Ismael Moegni Daho, declarou que recebeu informações da Tanzânia sobre os achados e enviará uma equipe de investigadores locais e peritos em aviação para Máfia na quarta-feira pela manhã.

Leia também:

Leia mais sobre acidente no Iêmen

    Leia tudo sobre: acidenteaviãoiêmen

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG