Talibãs trocam refém por rebeldes no norte do Paquistão

Islamabad - Os talibãs libertaram um funcionário do distrito de Swat, no norte do Paquistão, em troca de três rebeldes que estavam em poder das autoridades.

EFE |

"Libertamos Khushal Khan ontem à noite. Ele foi sequestrado porque o governo não está respeitando o processo de paz em Swat e vem nos atacando. É para mostrar do que somos capazes", disse à Agência Efe um porta-voz dos talibãs, Muslim Khan.

Segundo ele, três talibãs foram detidos ontem e outro morreu em uma batida das forças de segurança paquistanesas na cidade de Peshawar, capital da conflituosa Província da Fronteira do Noroeste, da qual faz parte o vale de Swat.

O funcionário foi levado a caminho do trabalho, quando passava pela cidade de Saidu Sharif, mesmo contando com uma escolta de seis seguranças.

Semana passada, as autoridades paquistanesas assinaram um acordo com um grupo islamita para implantar um sistema de justiça baseado na Sharia (ou lei islâmica) na demarcação de Malakand, que inclui o vale de Swat.

"Queremos a paz em Swat e que as escolas voltem a funcionar porque a educação é muito importante. Mas o governo também tem que nos respeitar, respeitar o Islã", ressaltou o porta-voz.

Leia mais sobre Talibã

    Leia tudo sobre: talibã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG