Talibãs suspendem negociações de paz no Swat

Os talibãs paquistaneses suspenderam as negociações de paz com o governo no valle de Swat (noroeste) até o fim de uma ofensiva militar iniciada no domingo.

AFP |

"Nosso conselho de chefes se reuniu no domingo à noite e decidiu suspender as negociações de paz com o governo na Província da Fronteira do Noroeste (NWFP)", declarou à AFP por telefone Ameer Izzat, porta-voz do líder religioso pró-talibã Soofi Mohamad.

Mohamad foi quem negociou em fevereiro um acordo de cessar-fogo em troca da instauração de tribunais islâmicos no vale de Swat.

"Ainda respeitamos o acordo de fevereiro", completou o porta-voz.

O Exército paquistanês lançou no domingo uma nova ofensiva contra os talibãs na região noroeste do país, em Lower Dir, 75 km ao oeste de Swat.

Os Estados Unidos pressionam o Paquistão a frear o avanço dos extremistas na região após o acordo de fevereiro, que permite aos talibãs aumentar sua influência na zona de fronteira com o Afeganistão.

Segundo o governo paquistanês, os combates de domingo mataram vários talibãs e um soldado paquistanês em Lower Dir, um dos sete distritos de Malakand, onde as autoridades paquistanesas concluíram um acordo para a aplicação da sharia (lei islâmica) para acabar com os ataques por parte dos talibãs no vale de Swat.

str-jaf/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG