Talibãs paquistaneses declaram cessar-fogo no vale de Swat

Os talibãs do vale de Swat anunciaram nesta terça-feira um cessar-fogo por tempo indeterminado, depois de fechar um acordo com as autoridades provinciais desta região do noroeste do Paquistão sobre a aplicação da lei islâmica.

AFP |

A trégua ilimitada foi anunciada depois de um conselho consultivo reunido pelo líder religioso Fazlullah, chefe dos combatentes talibãs do vale de Swat, que também decidiu libertar prisioneiros, informou à AFP Muslim Khan, porta-voz do grupo de Fazlullah.

"A 'shura' (conselho consultivo) se reuniu hoje sob a autoridade do 'maulana' Fazlullah e decidiu um cessar-fogo por um período ilimitado, assim como a libertação de prisioneiros", declarou.

"Liberamos todos os prisioneiros incondicionalmente. Hoje libertamos quatro paramilitares e, como gesto de boa vontade, soltaremos todo o pessoal de segurança que está em nosso poder", acrescentou Khan.

Desde 16 de fevereiro estava em vigor um cessar-fogo de 10 dias, depois que o governo do Paquistão e os líderes islamitas fecharam um acordo que prevê o reforço da lei islâmica no vale de Swat.

str-mmg/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG