Talibãs matam 17 operários no sul do Afeganistão

Dezessete operários morreram nesta terça-feira e outros 16 ficaram feridos no sul do Afeganistão, em um ataque dos talibãs, que em seguida tiveram sete de seus membros eliminados pelas forças de segurança, anunciou o Ministério do Interior.

AFP |

"Os inimigos atacaram os operários que estavam trabalhando na construção de uma estrada em Cabul, 17 deles morreram, 16 ficaram feridos", anunciou o porta-voz do ministério, Zemaray Bashary.

"Após o ataque, o Exército Nacional Afegão (ANA), a Polícia e as forças estrangeiras perseguiram os inimigos, matando sete deles e ferindo outros 12", afirmou Bashary. O governo se refere geralmente aos talibãs quando fala de "inimigos".

Seis veículos foram queimados pelos rebeldes, acrescentou o porta-voz, sem fornecer maiores detalhes.

"Nós efetuamos o ataque", confirmou por telefone à AFP um porta-voz dos talibãs, Yussuf Ahmadi.

As províncias do sul do Afeganistão são as mais atacadas pelos insurgentes fundamentalistas, principalmente os talibãs, que tentam destruir as instituições do Estado e atacam os 70.000 soldados das forças internacionais.

Enquanto isso, um soldado polonês da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) morreu nesta terça-feira e outro ficou ferido em uma explosão na província central de Ghazni, anunciou a Aliança Atlântica e a agência polonese Pap.

str-bmk/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG