Talibãs libertam engenheiro chinês sequestrado no Paquistão

Islamabad, 15 fev (EFE).- Os talibãs libertaram no conflituoso Vale de Swat, no Paquistão, um engenheiro de telecomunicações chinês que foi tomado como refém há seis meses, informou hoje o canal privado Geo TV.

EFE |

O engenheiro, que foi sequestrado junto com outro companheiro chinês em agosto de 2008 no distrito de Dir, foi levado para Peshawar, capital da Província da Fronteira Noroeste.

Segundo a "Geo TV", o engenheiro não deu detalhes sobre se sua libertação responde a um acordo dos fundamentalistas com as autoridades.

Em outubro de 2008, o outro engenheiro sequestrado conseguiu escapar aproveitando bombardeios do Exército paquistanês contra as posições insurgentes em Swat.

Os grupos armados aproveitam a deterioração da segurança no país para realizar sequestros. Pelo menos dois diplomatas, um iraniano e outro afegão permanecem em paradeiro desconhecido após terem sido tomados como reféns, supostamente por grupos talibãs, no ano passado. EFE igb-amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG