Talibãs executam homens acusados de espionar para os EUA

Três homens acusados de espionagem para em benefício dos Estados Unidos foram executados pelos talibãs, que filmaram as supostas confissões, no noroeste do Paquistão.

AFP |

Os corpos, com DVDs com a filmagem, foram encontrados nesta segunda-feira em diversos pontos do do Waziristão do Sul, uma das regiões de fronteira do Afeganistão onde os talibãs e a Al-Qaeda são muito ativos.

"Esta é a primeira vez no Waziristão do Sul que os insurgentes filmam confissões. Em geral deixavam bilhetes sobre os cadáveres dos supostos espiões", declarou à AFP um funcionário do governo local, Allanbagh Khan.

O corpo de Tahir Khan, membro de uma tribo local, foi encontrado nesta segunda-feira em um mercado da cidade de Wana, na zona tribal do Waziristão do Sul.

Khan havia sido sequestrado há 10 dias.

Sobre o cadáver havia um DVD no qual Tahir Khan supostamente confessa que entregou informações às tropas americanas que permitiram ataques com mísseis na região.

Uma fonte do governo local afirmou ainda que um bilhete sobro o corpo dizia: "Aqueles que espionam para os Estados Unidos terão o mesmo destino".

Outros dois corpos na mesma situação foram encontrados uma hora mais tarde, incluindo o de um irmão de Tahir Khan.

mas-jaf/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG