Talibãs destroem escolas no noroeste do Paquistão

Os talibãs destruíram três escolas no noroeste do Paquistão, na região tribal de fronteira com o Afeganistão onde as tropas do Exército de Islamabad lutam contra os extremistas.

AFP |

Os prédios de duas escolas para meninos situadas a uma distância de 1,5 km foram destruídos no distrito tribal de Jyber, que liga o Afeganistão a Peshawar, a capital da Província da Fronteira do Noroeste.

Os ataques, que aconteceram durante a madrugada, não provocaram vítimas porque os edifícios estavam vazios no momento das explosões. O governou atribuiu os atentados aos talibãs e aos militantes do grupo Lashkar-e-Islam (Exército do Islã), liderado pelo senhor da guerra local Mangal Bagh.

Outra escola governamental para meninos foi atacada no distrito de Sufaid Dheri, e, Peshawar. Os muros e duas salas foram atingidas.

Os talibãs já destruíram centenas de escolas, sobretudo as para meninas, no noroeste do Paquistão nos últimos anos porque desejam impor na regiãoa "sharia" (lei islâmica).

A região tribal de Jyber é a principal rota utilizada para o fornecimento de material às tropas da Otan no Afeganistão.

O Exército paquistanês iniciou uma ofensiva em Jyber em setembro para tentar expulsar os talibãs e os militantes do Lashkar-e-Islam.

O governo dos Estados Unidos aumentou a pressão sobre o Paquistão para atacar os insurgentes que se refugiam nas zonas tribais de fronteira com o Afeganistão.

la-mmg/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG