Talibãs aplaudem decisão de Obama de fechar Guantánamo

Washington, 27 jan (EFE).- O Talibã qualificou hoje como passo positivo a decisão do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de fechar a prisão de Guantánamo.

EFE |

Em mensagem publicada em uma página islâmica na internet, rastreado pelo Grupo de Inteligência SITE dos Estados Unidos, os talibãs disseram ainda que a paz só será possível se Obama retirar todas as tropas do Afeganistão e do Iraque.

"A ordem de Obama de fechar o centro de detenção de Guantánamo é uma medida positiva para a paz e a estabilidade na região e no mundo", assinalou o grupo que combate as forças americanas no Iraque.

Obama ordenou o fechamento de Guantánamo um dia após assumir a Presidência. O presidente também disse que reforçaria a presença militar americana no Afeganistão para combater o terrorismo.

O grupo talibã pediu a Obama que acabe com todas "as políticas satânicas" de seu antecessor, George W. Bush.

"Se Obama tem razão e, segundo suas palavras, quer abrir uma nova página baseada na relação pacífica de respeito mútuo com o mundo islâmico, a primeira coisa que tem a fazer é anular todos esses procedimentos arquitetados de acordo com a política criminosa de Bush", assinala a mensagem. EFE ojl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG