DUBAI (Reuters) - O Taliban paquistanês assumiu a responsabilidade pelo atentado fracassado com um carro-bomba na Times Square, em Nova York, segundo um comunicado publicado num site islâmico neste domingo.

O comunicado informou que a ação tinha como objetivo vingar a morte de dois islâmicos e "mártires mulçumanos".

" /

DUBAI (Reuters) - O Taliban paquistanês assumiu a responsabilidade pelo atentado fracassado com um carro-bomba na Times Square, em Nova York, segundo um comunicado publicado num site islâmico neste domingo.

O comunicado informou que a ação tinha como objetivo vingar a morte de dois islâmicos e "mártires mulçumanos".

" /

Taliban paquistanês assume atentado frustrado em NY

DUBAI (Reuters) - O Taliban paquistanês assumiu a responsabilidade pelo atentado fracassado com um carro-bomba na Times Square, em Nova York, segundo um comunicado publicado num site islâmico neste domingo.

O comunicado informou que a ação tinha como objetivo vingar a morte de dois islâmicos e "mártires mulçumanos".

Reuters |

DUBAI (Reuters) - O Taliban paquistanês assumiu a responsabilidade pelo atentado fracassado com um carro-bomba na Times Square, em Nova York, segundo um comunicado publicado num site islâmico neste domingo.

O comunicado informou que a ação tinha como objetivo vingar a morte de dois islâmicos e "mártires mulçumanos".

"O Taliban paquistanês anunciou a responsabilidade pelo ataque em Nova York como vingança pelos líderes al-Baghdadi e al-Muhajir e por mártires mulçumanos", de acordo com o texto publicado no site, frequentemente utilizado por islâmicos.

Não foi imediatamente possível verificar a autenticidade da mensagem.

O líder internacional da Al Qaeda no Iraque, Abu Ayyub al-Masri --também conhecido como Abu Hamza al-Muhajir-- e Abu Omar al-Baghdadi, suposto chefe da filial da organização no autodeclarado Estado Islâmico do Iraque, foram mortos no mês passado.

O primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, afirmou que os dois foram encontrados mortos em um buraco no chão dentro de uma casa após ter sido cercada e invadida pelas tropas.

Na noite de sábado, um carro-bomba foi desativado na Times Square, em Nova York. A polícia norte-americana encontrou o explosivo num utilitário esportivo quando a área estava lotada de turistas e pessoas indo ao teatro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG