MINGORA, Paquistão (Reuters) - Autoridades paquistanesas libertaram dois combatentes do Taliban em troca de um oficial sequestrado no Vale de Swat, onde o governo busca pela paz oferecendo tolerância à lei islâmica sharia, disse um porta-voz militante. Nós libertamos o oficial e seus seis guardas em troca de dois colegas, disse Muslim Khan à Reuters, um porta-voz do Taliban, no final de domingo.

Syed Mohammad Jawed, comissário da divisão Malakand que inclui Swat, confirmou que o oficial e seus guardas foram libertados, mas se negou a comentar sobre qualquer troca.

Militantes do Taliban sequestraram a autoridade no domingo, após dois de seus companheiros terem sido capturados em Peshawar, capital da Província da Fronteira Noroeste, no dia anterior.

(Reportagem de Junaid Khan)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.