Talebãs e milícia insurgente travam duros combates no Afeganistão

Os talebãs e membros da milícia Hezb e Islami, do senhor da guerra Gulbuddin Hekmatyar, se enfrentavam neste domingo no norte do Afeganistão, em combates nos quais, segundo a Polícia, morreram 79 pessoas, entre elas civis.

AFP |

Os confrontos entre os talebãs e esta milícia começaram no sábado de manhã na província de Baghlan, região onde Hekmatyar tem muita influência.

"Segundo nossas informações, 60 pessoas, 40 combatentes da Hezb e Islami e 20 talebãs, morreram desde o começo dos enfrentamentos. Nossas informações indicam também que 19 civis morreram", declarou à AFP Mohammad Kabir Andarabi, chefe da Polícia da província de Baghlan.

O Ministério do Interior afegão não confirmou o registro até o momento.

O Exército afegão mobilizou tropas na região, mas não intervém nos combates.

Qazi Burhaan, um afegão que afirma ser comandante local da Hezb e Islami, declarou à AFP que os combates começaram depois que os talibãs se negaram a libertar combatentes de sua milícia.

Um dos mais importantes comandantes da luta contra os soviéticos (1979-1989) e da guerra civil (1992-1996), Gulbudin Hekmatyar se manteve por pouco tempo no cargo de primeiro-ministro do Afeganistão nos anos 90. Hoje, está envolvido na insurreição contra as autoridades afegãs e as forças internacionais, e mantém uma relação ambígua com os talibãs, com quem se alia em alguns momentos.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG