Talebans reiteram ameaças de ataques contra eleições

CABUL - Os rebeldes talebans reiteraram nesta terça-feira as ameaças de ataques contra as eleições presidenciais e provinciais de quinta-feira no Afeganistão, para as quais defendem um boicote.

Redação com agências internacionais |

"O emirado islâmico informa de novo a todos seus compatriotas que ninguém deve participar neste processo para ingênuos, orquestrado pelos americanos. Pelo contrário, devem boicotá-lo", afirma um comunicado dos talebans.

"Todos os mujahedines devem conduzir suas operações contra o inimigo, para fazer fracassar este complô dos inimigos do Islã contra o país", acrescenta a nota.

Ao mesmo tempo, a Otan anunciou a suspensão das operações durante as eleições no Afeganistão.

O anúncio foi feito depois que o governo afegão pediu um "dia de paz", completou a Força Internacional de Assistência para a Segurança (Isaf) da Otan.

A Isaf destacou que apenas as operações consideradas necessárias para proteger a população serão realizadas.

Leia mais sobre: Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistãoeleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG