Os talebans executaram um homem que acusavam de espiar para os Estados Unidos em uma violenta região tribal do Paquistão, perto da fronteira com o Afeganistão, anunciou um oficial de polícia local nesta quarta-feira.

O corpo cravado de balas de Mohamad Nawaz, de 28 anos, foi encontrado nesta quarta-feira na vala de uma estrada de Mir Ali, no Waziristão Norte, disse a polícia.

Nawaz foi seqüestrado em novembro após um bombardeio americano com mísseis perto de Mir Ali que matou ativistas fundamentalistas paquistaneses e estrangeiros.

Uma nota colocada perto do corpo dizia que Nawaz foi considerado "culpado de espirar para os EUA", disse, sob anonimato, este funcionário.

Leia mais sobre Taleban

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.