Talebans assumem controle de distrito a 100 km de Islamabad, no Paquistão

ISLAMABAD - Grupos de talebans fortemente armados tomaram o controle do distrito de Buner, no nordeste do Paquistão, a cerca de 100 km de Islamabad, nesta quinta-feira

AFP |

"Vários grupos de talibãs patrulham nas ruas de Buner", confirmou por telefone à AFP Rasheed Jan, um agente da polícia do distrito.

Centenas desses combatentes islamitas, ligados à Al-Qaeda e aos talebãs afegãos, circulam pela capital do distrito, com armas leves e lança-foguetes.

Postos de controle foram instalados nas principais estradas, segundo habitantes e responsáveis administrativos locais que pediram anonimato. Os talebans também ocupam mesquitas, prédios públicos e escritórios de ONG locais, segundo as mesmas fontes.

Incêndio

Na região de Peshawar (norte do Paquistão), pelo menos seis caminhões-pipa com combustível foram destruídos, em um novo ataque de insurgentes contra um centro de provisões para as forças da Otan destacadas no Afeganistão.

Reuters
Homem tenta apagar incêndio após ataque no Paquistão

Homem tenta apagar incêndio após ataque no Paquistão

O ataque aconteceu por volta das 3h30 locais (19h30 de quarta-feira em Brasília), na região de Chakani, situada a 8 quilômetros de Peshawar, disse uma fonte policial, que pediu anonimato.

"Estes centros estão expostos a contínuos ataques talebans. A segurança é fornecida por companhias privadas, mas é insuficiente", explicou o porta-voz policial.

A fonte acrescentou que nenhuma pessoa ficou ferida e que as autoridades ordenaram o início de uma investigação sobre o ocorrido.

Segundo alguns meios de comunicação paquistaneses, a ação insurgente causou perdas próximas a 600 mil litros de combustível.

O Paquistão é a principal via de provisão de mantimentos e combustível para abastecer as forças da Aliança Atlântica e da coalizão americana destacadas no Afeganistão.

Diante do aumento dos ataques, os Estados Unidos criaram vias alternativas por países da região central da Ásia e pela Rússia, mas a maior parte das provisões continuará sendo transportada através do Paquistão.


Leia mais sobre Paquistão




    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG