Taleban usa "burro-bomba" em nova tática de ação no Afeganistão

Tática foi usada em ataque no distrito de Rabat Sangi neste domingo. Utilizar animal em ataques não é tão frequente na região

EFE |

O Taleban utilizou neste domingo um burro carregado de explosivos para atacar sem sucesso as forças de segurança afegãs na província ocidental de Herat. O procedimento foi considerado uma nova estratégia em sua luta. "O burro-bomba é uma nova tática de nossos mujahedins. Os inimigos devem compreender que temos métodos semelhantes a este", explicou o porta-voz Mohammed Yousef Ahmadi.

Leia também: Taleban adota táticas modernas para ganhar terreno psicológico

Segundo uma fonte da polícia consultada pela agência local AIP, os fundamentalistas prenderam uma bomba ao corpo do burro e a detonaram por controle remoto quando o animal caminhava perto de uma clínica do distrito de Rabat Sangi. No incidente só morreu o burro, apesar de o porta-voz  ter garantido que o ataque causou a morte de dois policiais e feriu outros três.

As bombas - colocadas em estradas, carros, bicicletas e motos geralmente - e os atentados suicidas, frequentemente cometidos por crianças, são os métodos mais usados pelos fundamentalistas para desafiar as forças de segurança no Afeganistão. Os "burros-bomba" não são tão frequentes, embora o Taleban tenha empregado o método ao menos em dois ataques anteriores nas províncias de Kandahar em 2008 e de Helmand em 2009.

A guerra afegã passa atualmente por um dos momentos mais violentos, quando acaba de completar dez anos da invasão dos Estados Unidos. As tropas da Otan começaram, em julho, a retirada progressiva do país, que será concluída em 2014, o que foi considerado pelos talibãs, nesta sexta-feira, como uma consequência do sucesso de sua luta.

    Leia tudo sobre: burro-bombaataques suicidasafeganistãotalibãs

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG