Número de reféns é incerto. Grupo terrorista afirma ter 50 cadetes em seu poder

Pelo menos 30 pessoas, a maioria policiais afegãos, foram sequestradas pela insurgência taleban no conflituoso leste do Afeganistão, informou neste domingo à Agência Efe uma fonte policial.

Os fatos ocorreram no sábado na província de Kunar, onde um grupo entre 30 e 40 policiais foi sequestrado quando retornava da região vizinha do Nuristão, segundo o chefe da Polícia em Kunar, Khalillullah Zayaee.

De acordo com esta versão, as forças de segurança afegãs iniciaram uma investigação sobre o ocorrido. Por enquanto, não há informação sobre a morte de nenhum dos reféns, segundo a fonte.

Em comunicado, o porta-voz taleban Zabiullah Mujahid elevou o número de reféns para 50 e precisou que se trata de cadetes da Polícia que tinham terminado um treinamento para se alistar neste corpo das forças de segurança.

Os atos violentos são especialmente frequentes no sudeste do Afeganistão, onde predomina a etnia pashtun, da qual procedem tradicionalmente os insurgentes talibãs.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.