Taleban ataca bases da Otan no Afeganistão e 24 morrem

Vítimas era todos insurgentes. Talebans conseguiram romper o perímetro de segurança e penetrar no interior da base

EFE |

Militantes talebans atacaram neste sábado duas bases da Otan no leste do Afeganistão, o que resultou na morte de pelo menos 24 insurgentes; vários outros foram capturados quando as forças da coalizão rechaçaram a ofensiva, anunciou a Aliança Atlântica.

Um comunicado da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) informou que suas tropas haviam "contra-atacado dois ataques frustrados contra as bases de Salerno e Campo Chapman na província de Jost". Os rebeldes, no entanto, conseguiram romper o perímetro de segurança e penetrar no interior da base de Salerno".

O chefe da polícia local, Abdul Hakim Is'haqzai, disse que insurgentes, que conseguiram recuar da contra-ofensiva em Salerno, ocuparam um liceu também na cidade de Jost, capital da província, para atacar depois a segunda base de Chapman.

O colégio fica perto de uma base menor administrada pelos Estados Unidos, o campo Chapman, onde sete agentes da Agência Central de Inteligência americana (CIA) morreram num ataque, em dezembro, lembrou Is'haqzai. Os rebeldes lançaram foguetes e dispararam contra a base Salerno.

Já o porta-voz talibã Zaibhulá Muyahed, ouvido pela AFP, disse que o grupo insurgente havia enviado homens à base para realizar ataques suicidas com bombas.

"Vinte e oito camicazes talibãs atacaram uma base da coalizão em Jost", disse o porta-voz ouvido a partir de um local não determinado, acrescentando que chegaram a "entrar na base".

    Leia tudo sobre: TalebansAfeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG