Talebã ataca prédios do governo no Afeganistão e mata 5

Ataques reivindicados pela milícia Talebã mataram nesta terça-feira pelo menos cinco integrantes de forças de segurança do Afeganistão no leste do país. Um porta-voz do grupo disse que 15 militantes pretendiam realizar ataques suicidas em quatro prédios do governo afegão da cidade de Gardez.

BBC Brasil |

As autoridades locais não confirmaram essa informação.

Os ataques atingiram a sede da polícia, uma delegacia, um escritório do serviço secreto e a residência do governador.

Testemunhas dizem que pelo menos dois dos militantes estavam disfarçados de mulher e detonaram explosivos escondidos sob suas burqas.

Em um comunicado, o Ministério da Defesa confirmou que pelo menos quatro militantes teriam morrido durante trocas de tiros durante os ataques.

Outro ataque
Em outra parte do país, militantes atacaram também o aeroporto de Jalalabad, perto da fronteira paquistanesa. O aeroporto serve de base para soldados afegãos e estrangeiros.

O ataque foi realizado por dois homens, sendo que um morreu e outro foi capturado por forças da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

A Afeganistão, que terá eleições presidenciais em 20 de agosto, tem registrado nos últimos meses um aumento no número de ataques atribuídos ao Talebã.

Em maio, seis pessoas morreram depois que militantes lançaram ataques simultâneos contra prédios do governo na cidade de Khost, também no leste afegão.

Ainda nesta terça-feira foi anunciada a 18ª morte de um militar britânico no país apenas neste m s.

Na segunda-feira, o secretário-geral da Otan, Jaap de Hoop Scheffer , disse que abandonar a missão militar no Afeganistão teriam consequências devastadoras para o país, permitindo que o extremismo se espalhasse pelo Paquistão e pela Ásia Central.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG