Talabani diz que EUA propuseram manter tropas no Iraque até 2015

Bagdá, 27 ago (EFE).- Os Estados Unidos sugeriram ao Iraque que a retirada de suas tropas fosse adiada até 2015, mas a rejeição do Governo iraquiano obrigou a fixar a data de saída em 2011, disse o presidente iraquiano, Jalal Talabani.

EFE |

Em entrevista no canal de televisão "Al-Hurra", colocada hoje no site do partido de Talabani, o presidente disse que existirá uma disposição no acordo de segurança entre Iraque e EUA que estabeleça "que as tropas estrangeiras deveriam sair em 2011".

No entanto, Talabani destacou que o pacto oferece ao Governo iraquiano a possibilidade de pedir aos EUA que mantenham suas tropas além desse ano, se fosse necessário.

O mandato atual da coalizão militar multinacional, fixado pela ONU, termina no final deste ano, e depois as tropas precisarão de um marco legal que delimite seu papel e seu tamanho.

Inicialmente, os Governos iraquiano e americano tinham determinado o mês de julho dese ano como teto para alcançar um acordo sobre segurança, mas este ainda não foi fechado. No entanto, nos últimos dias, foram divulgados detalhes do conteúdo do pacto.

EFE nq/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG