Taiwan teme 300 mortes na passagem de tufão

Pelo menos 300 pessoas estão desaparecidas e as autoridades temem que estejam mortas depois que a cidade em que moravam, no sul de Taiwan, foi devastada por deslizamentos de terra provocados pela passagem do tufão Morakot, afirmou o juiz Yang Chiu-hsin, do condado de Kaohsiung, falando à AFP.

AFP |

O governo de Tapei, acusado de não ajudar os afetados pela passagem do tufão Morakot, que deixou mais de 100 mortos, decidiu nesta quinta-feira enviar mais tropas para participar do resgate de pessoas isoladas pelas avalanches de lama e lodo.

Cerca de 4.000 soldados extras foram enviados às regiões afetadas, elevando para 38.000 o número de militares que participam das tarefas de socorro desde de que Taiwan foi atingida no final de semana passada pelo tufão mais mortal dos últimos 50 anos, com um balanço que aumentou nesta quinta para 108 mortos e pode continuar aumentando.

bur-aw/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG