Taiwan reduz exército e quer serviço militar voluntário

Taipei, 15 jul (EFE).- Taiwan reduzirá o número de soldados de seu exército de 275 mil para 215 mil, num prazo de cinco anos e tentará implementar um serviço militar voluntário até 2014, disse hoje um alto funcionário do Ministério da Defesa.

EFE |

A redução também afetará um quarto dos atuais generais taiuaneses, assinalou o funcionário anônimo, em declarações à governista "Agência Central de Notícias".

O plano de eliminar o recrutamento obrigatório até 2014, incluído na campanha eleitoral do atual presidente Ma Ying-jeou, enfrenta problemas, sobretudo econômicos, afirmou o funcionário militar.

O tamanho relativamente grande do Exército taiuanês é explicado pelas tensões entre a ilha e a China, desde que o Governo do Partido Kuomintang, derrotado pelos comunistas, se refugiou na ilha, em 1949.

A chegada de Ma Ying-jeou ao poder, contrário à declaração formal de independência, levou à distensão com a China e à aproximação econômica. EFE flp/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG