Taipé, 14 abr (EFE).- O Taiwan ofereceu hoje o envio de equipes de resgate e salvamento para ajudar às vítimas do terremoto de 7,1 graus que causou pelo menos 400 mortos na China.

A organização taiwanesa responsável pelos contatos com a China diante da ausência de laços oficiais expressou condolências a Pequim pelas vítimas e os danos causados.

Segundo o Taiwan, as equipes de resgate e a Cruz Vermelha da ilha estão preparadas para o envio imediato de ajuda à China.

Uma equipe de 23 pessoas e equipamentos de alta tecnologia da Agência Nacional de Bombeiros pode chegar à China em quatro horas, assim que Pequim aceitar a oferta.

O representante em Taiwan do Dalai Lama, Dawa Tsering, disse em entrevista coletiva que a maioria dos atingidos pelo terremoto são tibetanos e pediu ajuda do povo taiuanês.

O terremoto teve seu epicentro no distrito de Yushu, província de Qinghai, cerca do Tibete e já causou até agora 400 mortes e mais de 8 mil feridos. EFE flp/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.