Taipé - O Governo de Taiwan empreendeu hoje um plano para realojar dezenas de milhares de deslocados pelas inundações desencadeados pelo tufão Morakot, enquanto continuam sendo recuperados cadáveres de dezenas de desaparecidos.

As vítimas confirmadas do "Morakot" são, até o momento, 126 mortos, 61 desaparecidos e 45 feridos, sem contar os enterrados sob o barro na aldeia de Siaolin, que podem chegar até as 491 pessoas.

AP

Vilarejo foi destruído por tufão

"Agora, o mais importante é o trabalho de recolocação das vítimas e de reconstrução", disse o ministro do Interior Liao Liu-yi, chefe do Centro de Emergências do Sul de Taiwan, à imprensa.

Leia mais sobre: tufão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.