Taiwan enviará comissão à China para investigar escândalo de leite adulterado

Taipé, 23 set (EFE).- O primeiro-ministro taiuanês, Liu Chao-hsiuan, anunciou hoje o envio à China de uma comissão de funcionários e especialistas para se informar sobre o incidente de contaminação de produtos lácteos com melamina.

EFE |

O envio coincide com uma escalada de anúncios de contaminação de produtos taiuaneses com ingredientes chineses e que já não se limitam aos lácteos mas também a sopas e alimentos dietéticos.

"O tema é muito importante e a comissão poderá recopilar mais informação que sirva de referência para tomar medidas que protejam a saúde do público", disse Liu, diante da imprensa da ilha.

O Departamento de Saúde de Taiwan pediu aos taiuaneses que se abstenham de tomar produtos com ingredientes lácteos ou proteínas vegetais procedentes da China.

Cinco empresas taiuanesas importaram um total de 30,5 toneladas de proteínas vegetais chinesas contaminadas, que foram utilizadas em bebidas, sopas e alimentos dietéticos, disse o vice-ministro de Saúde, Sung Ien-jen. EFE flp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG