Taiwan desiste de resgatar corpos após tufão e planeja memorial

TAIPÉ (Reuters) - As autoridades de Taiwan não vão tentar recuperar os corpos de centenas de pessoas soterradas por um deslizamento de terra neste mês, e a cena do desastre será transformada em um memorial, disse um líder local nesta segunda-feira. O parque, de valor estimado em cerca de 3 milhões de dólares e com inauguração prevista em um ano, deve ficar em cima do deslizamento de terra e servirá de memorial à vila que estava ali, disse o prefeito Liu Chien-fang.

Reuters |

"A vila tinha um caráter especial como distrito de Pingpu", disse Liu à Reuters, descrevendo o grupo étnico local no vilarejo de Hsiao Lin, no condado de Kaohsiung.

"As casas eram especiais, assim como os costumes locais e os hábitos. É triste que nada tenha sobrado".

A contagem oficial de perdas após a passagem do tufão Morakot está em 291 mortos e 387 desaparecidos.

(Reportagem de Ralph Jennings)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG