Tailândia: vôos retomados parcialmente nesta quarta e 100% na quinta

Os pousos e decolagens de vôos nacionais e internacionais no aeroporto de Suvarnabhumi, o principal de Bangcoc, eram retomados gradativamente nesta quarta-feira, após o fim do bloqueio imposto por opositores ao governo tailandês, informaram fontes aeroportuárias.

AFP |

A normalização total das atividades no aeroporto está prevista para quinta-feira.

O primeiro vôo doméstico, da companha Thai Airlines, pousou às 14H10 locais (5H10 de Brasília), procedente da ilha turística de Phuket (sul) com 307 passageiros a bordo.

A companhia informou que seis vôos devem decolar nesta quarta-feira e no início de quinta-feira deste aeroporto com destino a Sydney, Nova Délhi, Narita, Frankfurt, Seul e Copenhague.

O presidente da Administração de Aeroportos da Tailândia (AOT), Vudhibhandhu Vichairatana, afirmou que o aeroporto de Suvarnabhumi vai operar a 100% da capacidade a partir de quinta-feira.

O primeiro vôo internacional que pousará em Suvarnabhumi será da Royal Jordanian Airline, ainda nesta quarta-feira, segundo a AOT.

"Estamos fazendo todo o possível para voltar à normalidade o mais rápido possível", disse Vudhibhandhu.

As centenas de pessoas que ocupavam o aeroporto desde 25 de novembro decidiram deixar o local depois que o Tribunal Constitucional derrubou o primeiro-ministro Somchai Wongsawat.

O fechamento dos aeroportos de Suvarnabhumi e Don Mueang (vôos domésticos) bloqueou na Tailândia mais de 350.000 passageiros, incluindo muitos turistas estrangeiros.

Os opositores monárquicos da Aliança do Povo pela Democracia (PAD) anunciaram na terça-feira o fim das ações antigovernamentais em Bangcoc, incluindo o bloqueio dos aeroportos comerciais.

ct/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG