mercador da morte aos EUA - Mundo - iG" /

Tailândia rejeita extradição do mercador da morte aos EUA

A justiça tailandesa rejeitou nesta terça-feira o pedido de extradição do traficante de armas russo Viktor Bout, conhecido como mercador da morte, feito pela justiça dos Estados Unidos, que o acusa de terrorismo.

AFP |

"O tribunal tailandês rejeitou o pedido de extradição", declarou o juiz Jitakorn Patanasiri ao anunciar a inesperada decisão, que foi tomada quase um ano e meio depois da prisão de Bout.

Bout, 42 anos, ex-oficial da Aeronáutica soviética que se tornou empresário, foi detido em 6 de março de 2008 em um hotel de Bangcoc após um encontro com agentes americanos que se fizeram passar por membros da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que desejavam comprar mísseis e lança-foguetes.

O acusado, que teria servido de inspiração para o papel de Nicolas Cage no filme "O Senhor das Armas", foi apelidado de "mercador da morte".

Segundo fontes ocidentais, Bout teve papel no tráfico de armas nos últimos 15 anos entre África e América Latina, além de ter realizado negócios no Afeganistão com os talibãs e a Al-Qaeda.

A decisão da justiça tailandesa agradou o governo da Rússia, que acompanhava o processo com atenção. O ministério das Relações Exteriores se declarou satisfeito.

tp/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG