Tailândia registra 65 mortes pela gripe

Bangcoc, 29 jul (EFE).- As autoridades de saúde da Tailândia anunciaram hoje 21 novas mortes causadas pela gripe suína, e com isso sobe para 65 número de vítimas fatais por causa da doença.

EFE |

O secretário permanente do Ministério da Saúde, Paijit Warachit, disse, em entrevista coletiva, que a maioria das 21 pessoas que morreram foi ao hospital quando apresentavam um quadro agudo, agravado por um frágil sistema imunológico.

Segundo dados oficiais, a Tailândia registrou até o momento um total de 8,877 mil casos de gripe suína.

O primeiro-ministro tailandês, Abhisit Vejjajiva, alertou este mês que o número de casos de gripe suína continuará aumentando ao longo do ano, até chegar a um número próximo aos 100 mil.

Em resposta à epidemia, o Governo tailandês armazenou quase 4 milhões de pílulas do remédio Tamiflu, e deu à indústria farmacêutica estatal instruções para que produza outros 10 milhões de comprimidos.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE tai/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG