Tadjiques vão às urnas para eleições legislativas

Dusambe, 28 fev (EFE).- Um total de 3,5 milhões de eleitores, praticamente a metade dos habitantes do Tadjiquistão, poderão exercer hoje seu direito ao voto nas eleições legislativas que se realizam no país centro-asiático.

EFE |

Os colégios eleitorais abriram hoje suas portas às 6h (horário local, 22h do sábado em Brasília) e fecharão às 20h (12h), informou a Comissão Eleitoral Central (CEC).

Amanhã serão conhecidos os resultados preliminares, enquanto os definitivos deverão ser publicados dentro de no máximo duas semanas.

Nas eleições ao Majlisi Namoyandagon, a Câmara dos Deputados do Legislativo, participam um total de 217 candidatos, 62 deles do governista Partido Democrático Popular (PDP) do presidente Emomali Rajmon e o resto das outras sete legendas que concorrem ao pleito, assim como candidatos independentes.

Além do PDP, que espera ficar com a maioria das cadeiras, segundo todos os analistas, só conseguirão ter acesso ao Parlamento os opositores Partido Comunista (que conta com 17 candidatos) e Partido do Renascimento Islâmico (PRI, com 40), que na câmara que está saindo ocupam quatro e duas cadeiras, respectivamente.

Os eleitores poderão depositar seu voto nos 3.031 colégios eleitorais dispostos em território nacional e as 36 mesas de votação em outros 23 países com diásporas tadjiques. EFE gln-egw/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG