Tegucigalpa, 26 jan (EFE).- O juiz especial e presidente da Suprema Corte de Justiça, Jorge Rivera, ditou hoje a suspensão definitiva do processo contra a junta de comandantes das Forças Armadas, acusada de expulsar do país o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya.

EFE lam/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.