Suspensa sessão que definiria transição eleitoral no Equador

Quito, 22 out (EFE).- A Assembléia Constituinte do Equador suspendeu a sessão que a reinstalou nesta quarta-feira, uma vez que seus integrantes não chegaram a um acordo sobre a nomeação dos novos membros do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), do Tribunal Contencioso Eleitoral (TCE) e da Comissão Legislativa do processo de transição constitucional.

EFE |

Por determinação do presidente da Assembléia, Fernando Cordero, a sessão será retomada na manhã de sexta-feira, para permitir que os postulantes aos órgãos eleitorais possam apresentar seus currículos, que serão analisadas pelos 130 integrantes da Constituinte.

A decisão de Cordero foi anunciada depois que vários integrantes da Assembléia pertencentes à oposição disseram temer que as nomeações ocorram de modo "apressado" e violando as normas do regime de transição, previstas na nova Carta Magna. EFE fá/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG