Suspeitos líderes do ETA são presos na França--mídia

MADRI (Reuters) - A polícia francesa prendeu três supostos integrantes da guerrilha separatista basca ETA no resort de inverno Le Corbier, após uma série de explosões na Espanha que matou duas pessoas, informou a mídia espanhola nesta quarta-feira. Os três detidos na cidade do sul da França estão entre os criminosos mais procurados pelo governo espanhol, disseram as reportagens.

Reuters |

O site do jornal El País disse que um dos suspeitos, Alberto Machain Beraza, estaria envolvido em dois ataques realizados em julho, um que feriu 46 pessoas em um quartel da Guarda Civil no norte da Espanha e outro que matou dois guardas civis na ilha de Mallorca.

O Ministério do Interior da Espanha não estava disponível para comentar.

O ETA luta pela criação de um Estado basco separado entre o norte da Espanha e o sul da França. O grupo já matou mais de 800 pessoas nas últimas quatro décadas de conflito.

(Reportagem de Tracy Rucinski e Teresa Larraz)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG