Suspeitos de terrorismo são presos no Líbano

Beirute, 21 jul (EFE).- As forças de segurança libanesas anunciaram hoje a detenção de um grupo de dez supostos terroristas que pretendiam perpetrar atentados contra a Força Interina da ONU para o Líbano (Finul), desdobrada no sul do país.

EFE |

Segundo as fontes de segurança, que não comentaram sobre a data ou o local das detenções, os presos são extremistas islâmicos "árabes e estrangeiros".

As forças da Finul - criada em março de 1978, cinco dias depois de o Exército israelense ocupar o sul do Líbano, país do qual se retirou em maio do ano 2000 - velam pelo cumprimento dos acordos da ONU e por evitar a explosão de novos enfrentamentos armados entre o Líbano e Israel.

Desde o reforço deste contingente multinacional, após o conflito entre a milícia xiita libanesa Hisbolá e Israel em 2006, as tropas da Finul foram alvo de vários atentados.

As forças da Finul são formadas por mais de 5.000 capacetes azuis procedentes de vários países. EFE ks/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG