Suspeito é morto perto do Congresso dos EUA, diz polícia

WASHINGTON - A polícia do Capitólio dos Estados Unidos disse que um suspeito foi morto e um policial ficou ferido em um tiroteio perto do Capitólio, em Washington, nesta quarta-feira, em um incidente que a polícia disse não ser relacionada à segurança do Capitólio, onde localiza-se o Congresso norte-americano. A polícia fechou rapidamente uma rua próxima ao Senado, e entradas ao prédio do Capitólio foram temporariamente fechadas no lado Norte.

Reuters |

AP

Ruas foram fechadas para a polícia investigar carros suspeitos

O incidente ocorreu após uma parada de trânsito, disse uma porta-voz da polícia. A sargento Kimberly Schneider disse que a polícia do Capitólio deu início a uma inspeção de trânsito quando "o motorista do carro imediatamente começou a escapar do policial".

Reuters
Policiais e investigadores na cena do tiroteio

Após a perseguição, o motorista do carro "exibiu uma arma e o policial atirou. É de meu entendimento que o suspeito está morto", disse Schneider a repórteres.

Robert Drumm, turista do Oklahoma, disse que estava caminhando perto do Capitólio quando viu carros da polícia em uma perseguição em alta velocidade à uma Mercedes branca.

O incidente foi o segundo tiroteio em pouco mais de um mês perto de uma famosa atração turística em Washington.

No dia 10 de junho, um atirador ligado a um site antijudeus atirou e matou um segurança no Museu do Holocausto dos EUA, próximo ao Capitólio.



Leia mais sobre Capitólio

    Leia tudo sobre: capitóliotiroswashington

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG