Suspeito de matar prefeito na Argentina se entrega à polícia

Buenos Aires - Um dirigente político e empresário se entregou nesta segunda-feira à Polícia da província argentina de Santa Fé após assassinar a tiros o prefeito da cidade de Vera, que recentemente tinha fechado um hipódromo de sua propriedade.

EFE |

Fontes policiais identificaram a vítima como Raúl Seco Encina, dirigente da União Cívica Radical (UCR) que foi morto a tiros na porta de um canal de TV local, depois de conceder uma entrevista.

As fontes acrescentaram que o autor do crime foi o empresário Héctor Tregnaghi, que teve um hipódromo de sua propriedade fechado pelo prefeito.

Encina, que cumpria seu quarto mandato consecutivo na cidade de Vera, a 250 quilômetros da capital de Santa Fé, tinha derrotado o próprio Tregnaghi nas últimas eleições.

O empresário se entregou à Polícia após cometer o assassinato e está à disposição da Justiça.

Leia mais sobre: Argentina - assassinato

    Leia tudo sobre: argentinaassassinato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG