Suspeito de levar bomba em avião é detido na Suécia

Avião saiu do Canadá e tinha com destino ao Paquistão, mas precisou fazer um pouso forçado na Suécia. Ameaça era falsa

AFP |

Reuters
Policiais se aproximam do avião logo após a aterissagem para realizar vistoria
Um homem foi detido este sábado no aeroporto de Estocolmo por tentativa de "sabotagem de avião", após a aterrissagem forçada motivada por uma ameaça de bomba em um Boeing 777 da Pakistan Airlines, procedente do Canadá com destino ao Paquistão, informou um porta-voz da polícia.

O homem tem cerca de 30 anos, é de origem paquistanesa, mas com nacionalidade canadense. "Os passageiros do avião foram retirados e o suspeito que estava a bordo foi levado a uma delegacia de polícia", disse à AFP Kjell Lindgren, porta-voz da polícia de Estocolmo. O homem permanece preso na delegacia de Sollentuna, ao norte de Estocolmo, onde foi interrogado.

A polícia sueca não encontrou nenhum explosivo após revistar o indivíduo, a bagagem dele e a aeronave, que ficou retida no aeroporto durante cerca de sete horas.

Ameaça

O avião com 273 passageiros a bordo sobrevoava espaço aéreo sueco quando o piloto foi contatado pela polícia canadense, que o informou que entre os passageiros havia um paquistanês que poderia levar algum tipo de material explosivo.

O pouso aconteceu às 7h30 locais (2h30 de Brasília). Cerca de 20 militares e técnicos antiexplosivos da Polícia sueca vistoriam o avião.

O suposto terrorista passou sem problemas por todos os controles de segurança e não estava em nenhuma lista de pessoas que não podem viajar por serem suspeitas de terrorismo, informou um porta-voz do serviço sueco de emergências aéreas. Segundo a edição digital do jornal "Expressen", o avião é um Boeing 777 da Pakistan Airlines que voava de Calgary (Canadá) a Karachi (Paquistão).

A polícia canadense alertou inicialmente as autoridades norueguesas, que por sua vez avisaram às suecas sobre a possível ameaça de bomba, de acordo com o "Expressen". O resto do tráfego aéreo no aeroporto continua funcionando normalmente, de acordo com a direção do terminal.

    Leia tudo sobre: ameaça de bombaaviãopaquistãosuspeito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG