Susan Sarandon critica estereótipos de Hollywood

Cairo, 19 nov (EFE) - A atriz americana Susan Sarandon criticou hoje no Cairo os estereótipos exibidos no cinema e defendeu a desmitificação e humanização para outras culturas. A protagonista de Atlantic City (1980) e Thelma e Louise (1991) deu uma entrevista coletiva no marco da 32ª edição do Festival Internacional de Cinema do Cairo, onde, na terça-feira à noite, recebeu uma homenagem por sua carreira. A atriz lamentou a prevalência de certos estereótipos, mas lembrou que há gente que se opõe a eles, algo que considerou muito importante. Sarandon - destacada ativista política, junto a seu marido, Tim Robbins - falou também sobre a recente eleição de Barack Obama como próximo presidente dos Estados Unidos, ao assegurar que, após os mandatos de George W. Bush, a mudança é algo enorme.

EFE |

Por outro lado, ela ironizou ao dizer que a televisão dos Estados Unidos será diferente a partir de agora, já que o presidente Bush fazia muita comédia, no que foi bastante aplaudida pelos presentes à entrevista coletiva.

Em tom mais sério, Sarandon lamentou que os mesmos que controlam os veículos de comunicação sejam beneficiados pelas guerras, o que impede de dar às notícias um caráter humano.

Por isso, considerou que "uma razão para perdoar o povo americano" por alguns de seus erros é saber que parte deles se informou através de canais que oferecem "uma versão muito simples da realidade". EFE ju/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG