Surto de salmonelose nos EUA começa a chegar ao fim, anunciam autoridades

Washington, 15 ago (EFE) - Autoridades sanitárias dos Estados Unidos anunciaram hoje que o surto de salmonelose que recentemente afetou o país está chegando ao fim, mas ainda não está totalmente extinto. Segundo dados da Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, em inglês), esta infecção transmitida através dos alimentos afetou um total de 1.423 pacientes.

EFE |

O último caso de contágio foi registrado em 24 de julho.

A agência segue investigando algumas fazendas do México, onde foram detectados pimentões verdes, serranos e águas de irrigação contaminadas que estão relacionadas com o surto de salmonelose nos EUA.

O chefe de segurança alimentícia da FDA, David Acheson, disse hoje que ainda não pode ser explicado como os poucos pimentões mexicanos contaminados produziram uma infecção tão grande.

Além disso, a FDA continua a investigação com as autoridades mexicanas para determinar exatamente o ocorrido em algumas instalações de empacotamento para exportação.

Como medida preventiva, este organismo ampliou os testes de controle sanitário a produtos mexicanos, e encontrou mais casos de contaminação da salmonela em produtos diferentes dos que geraram o foco inicial. EFE ag/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG