Surto de salmonela deixa mais de 350 doentes nos EUA

Por Lisa Baertlein LOS ANGELES (Reuters) - Autoridades da área de segurança alimentar dos Estados Unidos afirmaram que mais de 350 pessoas ficaram doentes em um surto de salmonela ligado ao consumo de certos tipos de tomate.

Reuters |

Segundo os Centros para o Controle e a Prevenção de Doenças, 383 pessoas de 30 Estados norte-americanos foram contaminadas pela Salmonella Saintpaul, um tipo raro da bactéria.

O mais recente caso do tipo teria ocorrido no dia 5 de junho e ao menos 48 pessoas foram hospitalizadas, afirmaram os CDCs.

O aumento no número de casos deve-se a um esforço crescente de monitoramento da parte das autoridades estaduais e à finalização de uma série de testes laboratoriais, disseram os CDCs.

'Não acreditamos que o surto tenha chegado ao fim', afirmou Robert Taxue, vice-diretor da divisão de doenças alimentares, bacteriais e micóticas dos CDCs.

Especialistas em segurança alimentar relacionaram o surto a três variedades de tomate, mas ainda não identificaram a fonte exata da contaminação.

David Acheson, diretor para segurança alimentar da FDA (órgão dos EUA responsável por supervisionar a qualidade de comidas e medicamentos), disse que investigadores continuavam a avaliar um conjunto de casos envolvendo nove pessoas de uma única localidade que comeram em dois estabelecimentos diferentes de uma mesma cadeia de restaurantes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG