CIDADE DO MÉXICO - Milhões de crianças mexicanas da região central do país tiveram suas aulas canceladas na sexta-feira, depois de uma gripe ter matado entre 20 e 60 pessoas nas últimas semanas.

Autoridades mexicanas dizem que o surto matou 20 pessoas, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que 60 pessoas morreram por causa da doença no país.

O ministro da Saúde mexicano, José Angel Cordoba, disse que escolas e universidades na Cidade do México e arredores serão fechadas temporariamente e pediu que pessoas que apresentam os sintomas da gripe fiquem em casa e não vão ao trabalho.

"Enfrentamos um novo vírus da gripe que constitui uma epidemia respiratória, até agora controlável", disse Cordoba na terça-feira.

O governo do Canadá pediu aos médicos que fiquem alertas para relatos de gripe vindos de pessoas que tenham viajado ao México recentemente, mas não desaconselhou viagens aos populares destinos litorâneos do país.

A temporada da gripe no México normalmente termina em fevereiro ou março, mas neste ano se prolongou por mais tempo, disse o governo.

"Recomendamos que se evitem lugares ou eventos com muitas pessoas, a não ser em casos de necessidade real", disse Cordoba num pronunciado noturno incomum à mídia.

Cerca de 79 pessoas estão sendo tratadas no México, possivelmente acometidas da gripe, e, segundo o Ministério da Saúde, esse número não aumentou nos últimos dias.

As gripes sazonais costumam matar entre 250 mil e 500 mil pessoas por ano em todo o mundo.

Nos Estados Unidos, sete pessoas na Califórnia e no Texas foram diagnosticadas com um novo tipo de gripe suína, anunciou o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC).

As sete pessoas se recuperaram, mas o vírus em questão é uma mistura nunca antes vista de vírus típicos de suínos, aves e humanos, disse o CDC.

As autoridades canadenses estão especialmente atentas à difusão internacional de doenças respiratórias desde que, em 2003, Toronto foi atingida pela epidemia da Sars (síndrome respiratória aguda grave), atribuída em parte à demora na reação quando foram informados os primeiros casos da doença.

Leia mais sobre: gripe no México

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.