Mais de 80.000 frangos serão sacrificados em Hong Kong devido à descoberta de um foco de gripe aviária na Região Admininstrativa Especial (RAE), o primeiro em quase seis anos, anunciaram nesta terça-feira as autoridades sanitárias.

No momento, não se sabe se a cepa em questão é a altamente patogênica H5N1.

Este foco, descoberto nos Novos Territórios (norte da ilha), na fronteira com a China, é o primeiro desde 2003.

Foi em Hong Kong que ocorreu a primeira epidemia de gripe aviária que afetou seres humanos no mundo, com seis pessoas mortas em 1997.

pol-gn/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.