Surfista sobrevive a ataque de tubarão nos Estados Unidos

HONOLULU - Um surfista que colocou seus dedos dentro da boca de um tubarão para se libertar de uma mordida acredita que o animal não se importou em deixá-lo fugir porque não gostou do sabor de sua perna.

AP |

Acordo Ortográfico

Todd Murashige, 40, falou com os repórteres no Centro Médico Queen na quinta-feira, dois dias depois de ter sido atacado nas águas de Oahu.

Murashige disse que estava sentado sobre sua prancha e não viu o tubarão até que foi mordido em sua perna direita.

"Eu não vi o tubarão se aproximar e tudo me pareceu muito surreal quando vi a cabeça dele me abocanhar", ele disse.

"Eu enfiei os dedos na boca dele para tentar me libertar, mas não senti nenhum dente. Eu acho que agarrei sua gengiva ou sua língua", ele disse.

Murashige disse que o tubarão não o seguiu quando ele se libertou.
Acho que era uma mordida teste "porque ele não veio atrás de mim e não chegou a ser agressivo. Ele mordeu uma vez e viu que o gosto era ruim".

Depois de se libertar, Murashige conseguiu nadar até a areia sobre sua prancha, que foi cortada ao meio pela mordida.

Na areia uma toalha foi amarrada sobre o ferimento e outro surfista ligou para o número de resgate.

"Quando estava deitado na praia eu pensei que ia desmaiar e que se isso acontecesse iria morrer", disse Murashige. "Por isso liguei para mim mãe e minha mulher".

Como ele não viu o corpo do tubarão, Murashige disse não saber o tamanho ou espécie de tubarão. Mas baseado no tamanho da sua cabeça, ele suspeita que fosse um tubarão tigre.

Dr. Kevin Christensen disse que Murashige perdeu muito sangue pelo ferimento que danificou quase toda a coxa, mas não chegou a quebrar o osso e seu prognóstico é bom.

"Eu acho que ele irá voltar a andar", disse Christensen.

Mas ele irá voltar a surfar?

"Primeiro quero andar, depois eu penso se conseguirei surfar", ele disse.

Leia mais sobre ataque de tubarão

    Leia tudo sobre: ap

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG