Supremo egípcio anula decisão pedindo fim da exportação de gás a Israel

Cairo, 2 fev (EFE).- A Corte Suprema Administrativa do Egito cancelou hoje uma ordem emitida por uma Corte que pedia o fim das exportações de gás natural a Israel a um preço preferencial, abaixo de seu valor nos mercados internacionais.

EFE |

A decisão foi ditada em uma sessão realizada na sede do Conselho de Estado do Cairo, informou hoje a agência oficial egípcia de notícias "Mena".

A medida ocorre depois que, em novembro do ano passado, um tribunal inferior ordenou suspender o acordo do Governo egípcio para exportar gás natural a Israel a um preço preferencial, informaram então fontes judiciais.

As fontes disseram que essa corte emitiu esta ordem de primeira instância em resposta à denúncia contra o Governo apresentada pelo ex-embaixador do Egito no Iêmen Hassan Ibrahim.

Na sentença, o tribunal considerou que esta operação comercial prejudicava os interesses egípcios. EFE wa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG