Guatemala, 24 abr (EFE).- Cinco membros da unidade antinarcóticos da Polícia Nacional Civil (PNC) da Guatemala morreram hoje após terem sido emboscados por um grupo de supostos traficantes de drogas na capital do país.

Donald González, porta-voz da PNC, disse à Agência Efe que os mortos "foram atacados com fuzis e granadas" a partir de uma caminhonete blindada.

O veículo foi encontrado no local dos assassinatos, assim como granadas e munição para fuzis, além de uma bazuca.

Segundo testemunhos divulgados pela imprensa local, o confronto durou mais de 15 minutos, causando pânico entre os habitantes das regiões próximas.

As forças de segurança suspeitam que este ataque esteja relacionado com a captura, na quinta-feira, de 12 supostos narcotraficantes que enfrentaram um grupo de agentes da PNC, com o saldo de um oficial morto.

Segundo o Governo da Guatemala, grupos internacionais de narcotraficantes se instalaram em diferentes regiões do país para tomar o controle dos corredores terrestres por onde traficam drogas.

EFE ca/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.